quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

É seu.














Reclamaste do abandono
daqueles que negaram um olá
que fizeram te perder o sono
não enviando a ti o verbo lembrar

para que não escrevas com pesar
você nunca vai ser esquecida
alguém escreve para te titilar
quanto a isto pode ter certeza

toda rosa tem seu beija-flor
e a apreciadora das letras
tens um singelo versador

e não se queixes mais
pois quem vos escreve
é um simples e rapaz.

Um comentário: