segunda-feira, 19 de abril de 2010

E continua lindo.













Não ter casa
é como viver
sem  identidade
não um documento
e sim ser um ser
de verdade
o rio continua lindo
e a população
continua sorrindo
o governo discutindo
copa e olim-píadas
as eleições só piada
mas quando chove
bate o desespero
ao ver a lama
levar o berço
e o suor do brasileiro
dez, quinze, vinte
anos de batalha
o entulho consome tudo
como se fosse
uma fornalha
até vidas
senhoras e senhores
adultos e crianças
estão desaparecidas
e por estes
não vai haver
passeata
somente pobre
orando por pobre
temo isso
não valer de nada.

terça-feira, 6 de abril de 2010

Onde está o Amor ?

Saí pelas ruas a vagar

Em noites de primavera, verão, outono e inverno

A procura do amor...

Passei noites quentes, frias e chuvosas

Andei em bares, bailes, praças e parques,

acompanhado das estrelas e do brilho da lua

Passei noites em claro, vendo o nascer do sol,

em parques e praças públicas

Também pude ver as árvores, os verdes da esperança, 

as flores e as crianças,

Ignorante e cego chorei,

Sem se quer saber que estava cercado de Amor.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Fotos do Sarau no CEU Azul da Cor do Mar.

A mesa estava farta.










O mural com as poesia inscritas.












Entre leitores e poetas.











meus agradecimentos a todos do CEU Azul da Cor do Mar
pela bela tarde que passamos com um belo sarau
não citarei nomes pois sei que faltará alguém e isso
será uma grande injustiça um abraço a todos.