quarta-feira, 2 de junho de 2010

O Preço da Liberdade.










O suor derramado 
não paga o prejuízo,
mas paga o descanso
depois de um dia cansativo,
mas tem noite
que é um dia perdido,
e tudo que tínhamos feito
fora em vão, 
sei que de nada vale
o suor derramado pelo chão,
se na verdade, 
o preço da liberdade
é a escravidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário