domingo, 26 de setembro de 2010

Eu sonhei!















Eu vi o rei chegar
eu sei era um sonho
mas na real eu estava lá

Contando é difícil de acreditar
sentado na calçada
eu assisti ao rei chegar

Foi bem verdade este fato
que me ocorreu
numa breve explosão
do céu ele desceu

E eu consegui ver
nos olhos das pessoas
não era esperança
era certeza da bonança
todos atentos
curiosidade de criança

Foi inexplicável
até me arrepiei
diferente do que falaram
ali estava o rei

Nada de cabelo longos
ou olhos claros
quem estava presente
tentava contar
mas ficaram pasmo
fugindo do marasmo

Os escarnecedores sumiram
lágrimas em sorrisos desceram
os verdadeiros
sentiram-se ali como herdeiros

A opressão vai acabar
sem leões e ursos
como devoradores
esses animais
não causarão mais dores

Eu sonhei!

E não queria acordar
muito amor, muito amor,
cantava-se em louvor

Nossa pra me mover
ficou difícil
fiquei imobilizado

Por um fato
que me deixou
por ora extasiado

Todos em alegria
os oprimidos
não mais silenciados

Pude observar
E gostei eles foram
exaltados.

Um comentário:

  1. Tá add aqui mano, satisfação em conhece-lo e podes sonhar as nossas utopias...

    Abracios, falou.

    xXx

    ResponderExcluir