domingo, 1 de maio de 2011

Reconstrução.



















No jardim de imensas flores
descobri o seu perfume
para aliviar minhas dores
luz no fim do túnel, meu lume.

Acelerando minha pulsação
me deixando extasiado
pode se ouvir o coração
e me deixo ser guiado

E ti confio às cegas
por me erguer dos estilhaços
me acolhendo entre as pétalas
me tornando um novo vaso

Faltam-me palavras para definir
Inefável, indescritível, mas plausível
só vivendo pra sentir
sua imensidão indefinível.

Um comentário:

  1. Você sempre surpreendente...

    Linda poesia...

    Acho que tem coisas que realmente não surgem para serem explicadas, mas para serem sentidas.Pode parecer meio louco isso, talvez um tanto irracional, mas algumas coisas parecem pedir:
    "Não me entenda, sinta!"

    ResponderExcluir