segunda-feira, 23 de maio de 2011

A Todos.



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Políticas inversas
tentam resolver o problema
mas não atendem a todos
diferentes dos poemas

Que apontam soluções
ainda salvam os afogados
e levam pessoas diferentes
a se tornarem aliados

Dividindo as corridas
sempre juntando varias vidas
e mostrando para os pivetes
que na vida tem saída

Até porque os que hoje escrevem
foram muleques um dia
e se a escrita não salvasse
não teríamos poetas na periferia.

2 comentários:

  1. POIS É MANO, LENDO SUA POESIA ME FEZ LEMBRAR A GRANDE ARMA QUE TEMOS E ESTAMOS UTILIZANDO ELAS EM PRATICAMENTE TODOS OS CANTOS, QUE SÃO AS PALAVRAS...

    COMUNGO COM VC MANO, POIS SENÃO FOSSEM ELAS A NOSSA HISTÓRIA TALVEZ SERIA OUTRA.

    ABRACIOS, FUI.

    XXX

    ResponderExcluir
  2. Legal Mano! Periféricos são sim os significados das palavras que o coração guarda que de boca ocupada, um dia fala.

    ResponderExcluir