domingo, 6 de novembro de 2011

Na Rua











Abriu os olhos
 e sorriu,

ao caminhar
ele sentiu,

e ao falar
ele viu,

um novo dia
nasceu,

a calçada
cresceu,

logo ele percebeu
que aquele lar
não é seu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário